Agende sua consulta ou fale conosco!

Femininas e empoderadas

Na matéria a seguir você confere algumas personalidades que são exemplos das conquistas femininas no Estado. São mulheres que servem como inspiração de poder em nossa sociedade atual.

Há não muito tempo, o mundo era praticamente dominado por homens. A realidade, ainda que em processo de mudança (que por vezes caminha em passos lentos), atualmente já se encontra muito mais equilibrada do que era anos atrás.

A questão para os homens, em especial para aqueles que estão no topo do poder, pode parecer uma grande besteira; mas para elas, que seguem na luta diária seja cuidando sozinha da casa e dos filhos ou comandando uma empresa, pautas como diversidade e representatividade são de suma importância.

Após séculos de lutas e persistência para chegar às liberdades de hoje, que infelizmente ainda não são iguais aos privilégios do homem, a mulher conquistou seu lugar de fala. Por isso, é tão necessário que elas sejam ouvidas.

Pensando nisso, reunimos aqui algumas personalidades que são exemplos das conquistas femininas, exemplos que servem como inspiração do poder da mulher em nossa sociedade atual.

Confira:
Urologista
Doutoranda em uro-oncologia pela USP-SP, Bárbara Melão, uma das responsáveis pela clínica Uromed Manaus, é uma das poucas urologistas do Brasil e a única de Manaus. Segundo ela, a urologia é a especialidade médica com menor número de mulheres em todo o mundo.
"No Brasil, as mulheres são apenas 2% dos urologistas e nós formamos um grupo chamado 'Orquídeas', no qual discutimos casos e nos apoiamos mutuamente. É uma honra pra mim e também uma grande responsabilidade ser parte desse seleto grupo, que tem crescido a cada ano. Nele há grandes urologistas que me inspiraram e fico feliz em saber que também inspiro outras mais novas que buscam seguir o mesmo caminho", disse a médica.

Advogada e presidente
Eleita no final de 2020, a advogada Grace Benayon assumiu, no dia 1º de janeiro de 2021, o cargo de presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Amazonas. O mandato vai até o final do mesmo ano.
Vale ressaltar que ela é a primeira mulher a ocupar a presidência da entidade em seu Estado e a terceira a presidir uma seccional da OAB no Brasil nos últimos 90 anos. "Ser mulher advogada é ser aguerrida e forte para solucionar todos os problemas de clientes, da vida e da classe, com força, garra e firmeza. Mas, também com leveza, elegância, gentileza e cordialidade", afirmou a advogada.

Delegada-geral
Em fevereiro do ano passado, a Polícia Civil do Amazonas recebeu uma nova figura em seu comando: a delegada-geral Emília Ferraz. Formada em Direito pela Universidade Federal do Piauí, Emília é a primeira mulher a comandar a Polícia Civil do Amazonas.
"Sempre encarei a missão de ser a primeira delegada-geral da Polícia Civil do Amazonas como uma honra, o que é de fato. Quando assumi a função, há mais de 1 ano, sabia que precisaria enfrentar muitos desafios e assim tenho feito, mas sempre com respeito e focada no nosso objetivo maior, que é proteger a sociedade", comentou Emília.